segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Wroclow- 2a trip

E pronto. Depois da odisseia de Praga limitámos um bocadinho mais os nossos horizontes e fomos a Wroclow. Para quem não sabe, esta é uma cidade no Centro/Sul da Polónia que fica a uns 150 kms daqui. Não sendo uma grande metrópole, é uma cidade com mais de meio milhão de habitantes, sendo ligeiramente maior que Poznan. É também relativamente conhecida por ser um ponto estratégico no coração da Polónia, situando-se praticamente no centro da Europa e sendo escala obrigatória em montes de viagens de comboio e avião.
Confesso que não tinha as expectativas muito em alto para esta viagem. Nunca tinha ouvido falar de tal cidade antes de vir de Erasmus e o meu humor na 6a feira também não era dos melhores, mas como foi uma viagem "de grupo", com 12 participantes (os 4 tugas- o France ficou em Poznan porque o irmão veio cá visitá-lo- e 8 "nhóis") acabei por entrar no espirito.
E depois de muitos contratempos (por causa de uma avaria na linha atrasámo-nos mais de uma hora no comboio e depois ainda andámos às voltas pela cidade para encontrar o Hostel) lá nos instalámos. E, nessa noite, já nem deu tempo para ir a lado nenhum... pousar as malas, beber um copo e sair para a discoteca!
No dia seguinte, explorar a cidade... E a verdade é que Wroclow foi uma surpresa boa para mim! Talvez por não ter grandes expectativas (como por exemplo tinha em relação a Praga) acabei por adorar a cidade. A praça central é bem maior que a "nossa" em Poznan, as igrejas são muito engraçadas e a cidade tem uma coisa que eu, pessoalmente, adoro, um rio lindíssimo! Portanto foi uma bela surpresa! Parece ser uma cidade muitíssimo mais "rica" culturamente do que propriamente Poznan! E tem uma curiosidade, o símbolo da cidade são uns gnomos que estão espalhados em pequenas estátuas pelo centro da cidade e que, segundo nos explicaram, simbolizam a luta contra a opressão nos tempos do comunismo!
Já no domingo, depois de mais uma noite de farra, foi tempo de ir até a um jardim japonês nos arredores da cidade... muito engraçado também!
Em suma, foi um fim de semana bem vivido e aproveitado e Wroclow é um destino bastante interessante e que, (como ainda para mais o France tem lá amigos), provavelmente devo repetir durante este ano de Erasmus!

PS- Erasmus é um ano de experiências fantásticas e irrepetíveis mas a verdade é que também há o reverso da moeda... E custa muito mais levar uma "chapada" na cara quando estamos a três mil quilómetros de casa! Mas também faz parte da experiência... Aprender com os erros e levantarmo-nos quando nos mandam abaixo. E não faz (nunca fez) parte da minha personalidade desistir à primeira adversidade! "O que não me mata, só me torna mais forte!"

1 comentário:

  1. é preciso ir aí dar uma tareia nalgum polaco?

    ResponderEliminar